Completamente no espírito de eficiência


Com inúmeras inovações, o fabricante de instalações de moldagem por injeção ENGEL, de Schwertberg na Áustria, perto de Linz, é líder mundial no mercado. Ao equipar sua própria produção, a ENGEL presta atenção a uma ótima relação custo/benefício. É criteriosamente investido em tecnologia de máquinas de alto desempenho. 

 

4500 funcionários e cerca de um bilhão de Euros em volume de negócios anual - estes são os dados fundamentais do líder global no campo de máquinas de moldagem por injeção, a Engel Austria GmbH. Desde a sua fundação há 70 anos, a empresa é 100 por cento de propriedade familiar e, portanto, independente de investidores externos. Isso mantém a liberdade para ideias inovadoras, tais como a tecnologia sem coluna: Como primeiro fabricante de máquinas, em todo o mundo, a ENGEL apresentou em 1989, uma máquina de moldagem por injeção com unidade de fechamento sem coluna - até agora uma proposição única de vendas protegida por patentes. Com a sua grande área de aperto e o livre acesso à área de ferramentas, as máquinas de moldagem por injeção cumprem, de forma ideal, os requisitos a uma alta eficiência e economia na produção. As bem-sucedidos máquinas sem colunas, vendidas mais de 60.000 vezes em todo o mundo, fazem parte do amplo 

portfólio da ENGEL: Máquinas com uma força de fechamento de 280 kN a 55.000 kN, de hidráulicas a completamente elétricas, em orientação horizontal e vertical. Além disso, a ENGEL tem se desenvolvido ao longo dos anos, de forma consistente, para um fornecedor de sistema que oferece a automação de máquinas, tecnologias de processo, configuração de ferramentas, treinamento e serviço. Com mais de 20.000 soluções de automação instaladas, o especialista em moldagem por injeção também é um dos melhores do mundo a este respeito.


Alta produtividade - mesmo em nossa própria produção 

O núcleo de desenvolvimento de produtos inovadores está localizado na sede de Schwertberg em Oberösterreich, Áustria. Cerca de 1.700 funcionários trabalham lá, mais do que em qualquer outra das localidades. Eles realizam tarefas centrais do grupo de empresas, tais como a concepção e o desenvolvimento, vendas e marketing. Em Schwertberg, também se encontra a produção de pequenas e médias máquinas de moldagem por injeção, com forças de fechamento de até 5000 kN. 

Especialmente a produção, tem um papel significativo no sucesso da ENGEL. Ela assegura a alta qualidade das máquinas e custos comercializáveis. Gerhard Aigner, gerente de produção em Schwertberg é o responsável: "Temos cerca de 200 funcionários, que produzem aproximadamente 90 por cento de todos os componentes mecânicos em centros de torneamento-fresagem . Vemo-nos, em termos de custo e qualidade, em concorrência com fornecedores externos e é por isso que temos sempre em vista a alta eficiência de nossas máquinas e a necessidade de melhorar constantemente. Melhorias contínuas no local do valor acrescentado só ocorrem devido a ótimos funcionários altamente motivados, que foram formados na oficina de treinamento in-house da Engel.“ 

Uma chave para a produção econômica é a usinagem completa de componentes, se possível em uma única fixação. Esta exigência tem desempenhado um papel importante, na substituição de um torno CNC, que não era mais suficientemente produtivo para os responsáveis pela produção. Gerhard Aigner explica: "Nós julgamos as nossas máquinas não pela idade, mas pela produtividade que colocam à disposição. Com um novo, rapido e facilmente equipável centro de torneamento-fresagem queríamos aumentá-la.


Dupla usinagem em cinco eixos em uma única máquina 

Procurando por uma instalação apropriada, a ENGEL acabou encontrando a série RatioLine da INDEX, cuja concepção correspondia às idéias do responsável pela produção. Especificamente, o centro de torneamento-fresagem INDEX R300 cumpria os requisitos. Uma característica essencial desta máquina são os dois subsistemas independentes, cada um equipado com um fuso de fresagem motorizado (HSK 63, 24,5 KW, 9.000 rpm) 

e um fuso de trabalho associado (52 KW, 3.500 rpm). Assim, podem ser usinadas peças complexas, simultaneamente e de forma independente - também com cinco eixos. Certos detalhes da máquina também contribuem para a alta flexibilidade desejada no existente espectro de processamentos e de componentes. Com as barras de ferramentas, adicionalmente, aplicadas em ambos os lados do fuso de fresagem, o usuário tem acesso rápido a até seis ferramentas fixas (VDI30) por fuso. Assim, a versatilidade e a potência do fuso de fresagem são, quase que, combinadas com a funcionalidade de um revólver. No magazine de corrente dupla estão disponíveis até 140 ferramentas, que através de dois trocadores de ferramentas independentes, podem ser rapidamente inseridas em ambos os fusos de fresagem motorizados, permitindo tempos chip-to-chip abaixo de 6 segundos. 

O INDEX R300 permite uma completa usinagem do lado de trás, assim como o processamento paralelo com idênticos conteúdos de curso. Ao mesmo tempo, podem ser realizados pesadas operações de desbaste ou de acabamento altamente precisas no fuso principal e no contrafuso. Propriedades que convencem. Depois de uma visita na INDEX em Esslingen e de intensas discussões, a equipe em volta de Gerhard Aigner ganhou grande confiança na R300 da  INDEX-Werke, que, como ENGEL são também são fornecedores de sistema. Sendo um dos primeiros clientes a comprar o R300, a ENGEL complementado por um sistema de manuseio da peça da máquina da Promot. O diretor de produção não esconde o resultado: "Nossa primeira decisão por esta máquina valeu a pena. Fomos capazes de reduzir nossos custos de produção e ganhar terreno contra nossos fornecedores."


Características de qualidade  reproduzíveis

Desde dezembro de 2012, a INDEX R300 está em produção mecânica 1, onde processa, continuamente, uma pluralidade de componentes. O espectro abrange numerosos componentes da parte de injeção e fixação e de fechamento de uma máquina ENGEL. Peças, geralmente de aços cromo-níquel de alta qualidade, que em sua forma são projetados para a transmissão de forças e de movimentos, também assumem funções de vedação como componentes hidráulicos. Respectivamente altas são as exigências em relação à concentricidade, ao paralelismo e à qualidade da superfície. Para Josef Büchsenmeister, diretor desta área de produção, o investimento no R300 foi um tiro em cheio: "A máquina INDEX combina exatamente conosco e com nossa filosofia de produção. Ela traz uma alta, precisão básica reprodutível. Esta é a base para cumprir com tolerâncias de 1/100 mm com repetibilidade e confiabilidade do processo." A alta densidade de potência, com dois fusos de fresagem motorizados e fusos de trabalho em mínimo espaço, corresponde, completamente, às suas expectativas. Além disso, a automação integrada na máquina, incl. sistema de circulação de paletes de peças de 15 vezes, que é a que permite uma operação de várias máquinas na ENGEL. Além disso, a máquina entusiasma devido ao grande estoque de ferramentas: "Nosso centro de torneamento substituído era uma máquina de revólver na que tínhamos que trocar as ferramentas para cada componente. Com o R300 podemos usinar centenas de diferentes componentes de usinagem, sem ter que fazer uma única troca de ferramenta. Como resultado, a gama de componentes aumentou enormemente, e ainda os tempos de preparação foram enormemente reduzidos." 

Além disso, há as ferramentas fixadas nas barras de ferramentas dos dois fusos. Para Josef Büchsenmeister isto é um elemento do INDEX R300 que proporciona ao uma vantagem adicional: "Juntos, temos bolado com nosso departamento de programação um equipamento ideal destas barras de ferramentas fixas, de modo a poder, de preferência, realizar trabalhos de desbaste pesados e usinagens interna no contrafuso." Christian Leitner, chefe do departamento de CAM também está muito satisfeito com o novo centro de torneamento-fresagem e com o apoio da INDEX: "Nós construímos nossas peças todas em 3D e usamos o sistema CAM Siemens NX para a programação e a simulação. Com a simulação, temos todos os dados importantes antes mesmo da peça ser fabricada. Com isto, damos mais um passo adiante em direção da produção 4.0. Era importante para nós podermos manter essa cadeia de processos sem desvios. O fato da INDEX ter podido nos disponibilizar um pós-processador especial, foi um argumento importante a favor do INDEX R300.“ 

Para isto, o departamento de programação da ENGEL teve de se adaptar à nova máquina de fuso duplo. As distribuições de corte foram alteradas de acordo com o componente, as forças de usinagem foram distribuídas de forma diferente e as velocidades de corte foram adaptadas. Mas o diretor de produção Gerhard Aigner está muito satisfeito com o resultado: "Para algumas peças, fomos capazes de reduzir o tempo de produção em até 50 por cento. A usinagem completa também reduziu drasticamente os períodos de espera dos componentes. É por isso que temos no final de 2014, encomendamos uma outra máquina da série R da INDEX." Aqui se trata de uma um pouco menor, INDEX R200que ENGEL também deixa automatizar.

Estudo de caso

Completamente no espírito de eficiência